Tá de brincadeira: diretor da Enel afirma que tarifa cobrada pela empresa não é alta

O diretor de Relações Institucionais da Enel, Humberto Eustáquio, respondeu aos questionamentos levantados durante a audiência pública que debate fornecimento de energia elétrica em Goiás. Ele explicou que a empresa Enel tem interesse em investir na geração de energia solar. “Nós não podemos continuar desprezando uma fonte tão importante de energia, como o sol. A Enel não tem nada contra a expansão desse tipo de energia”, afirmou.

Eustáquio também falou sobre a intenção de melhoria da Enel em relação aos indicadores da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Ele falou a respeito da tarifa cobrada pela empresa que, segundo afirma, não é alta em relação ao restante do país. “A Enel tem buscado a melhoria dos indicadores de abastecimento de energia elétrica. A tarifa da Enel está no meio do extrato de todas as empresas do país.”