Bueiro da GO-060 entre Iporá e Israelândia construído por Caiado rodou com as primeiras gotas de chuva

Em janeiro, logo depois de tomar posse, o governador Ronaldo Caiado foi duas vezes de helicóptero ao trecho da GO-060 entre Iporá e Israelândia, onde um bueiro havia se rompido provocando a interdição da rodovia.

Caiado fez pirotecnia e esbravejou contra o governo passado, criticando a qualidade das obras rodoviárias e decretou que o caso da GO-060 não era de um bueiro e, sim, de um ponte.

O Exército Brasileiro foi chamado e montou no local uma ponte pré-moldada  cabendo a Goinfra a construção de um novo bueiro debaixo da estrutura disponibilizada pelos militares no local.

Desde então a novela se arrasta desmoralizando Caiado e o primo Ênio (ex-Goinfra). O desvio provisório na terra virou permanente e os acidentes envolvendo veículos se repetiram de forma assustadora.

A construção do novo bueiro andou a passos de tartaruga até ser concluído dias atrás, mas a qualidade da obra está fazendo Caiado passar vergonha e engolir com farinha os ataques que fez ao governo passado.

Pois o tal bueiro que Caiado construiu na GO-060 entre Iporá e Israelândia rodou com as primeiras gotas de chuva que caiu na rodovia.

O trecho virou um pesadelo para os moradores da região, que estão revoltados com a incompetência do governo.