Baixaria de d. Iris não dá resultado: eleitor reprova agressões da deputada em pesquisa

Numa prova de que o eleitor rejeita baixarias e discurso focado exclusivamente em acusações, a deputada federal dona Iris Araújo (PMDB) – a mais ativa e radical opositora ao governador Marconi Perillo – aparece em último lugar na pesquisa Serpes para o Senado, com minguados 0,1% das intenções de voto.

O Serpes registrou 24 nomes passíveis de se apresentar à postulação senatorial em 2014, sendo Antônio Gomide (PT), atual prefeito de Anápolis, o líder do ranking, com 4,4% das citações.

Dona Iris só aparece em último, com 0,1%, ao lado de Vilmar Rocha (secretário da Casa Civil e provável candidato ao Senado na chapa de Marconi Perillo) e nomes desconhecidos como Luizim, João Maria e até o deputado estadual Elias Júnior.

O estilo político de dona Iris não é político, e sim pessoal: ela deixa claro que odeia o governador Marconi Perillo, que impôs quatro derrotas ao PMDB e duas – diretas – ao seu marido, Iris Rezende, desde 1998.