TEMPO REAL: Assembleia parte para o ataque contra Adial e Fieg por causa nota que denigre imagem do deputado Humberto Aidar

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) abriu os trabalhos da tarde desta quinta na  Assembleia Legislativa em altíssima temperatura, com ataques de todos os lados – e de todos os partidos – ao presidente da Fieg, Sandro Mabel, e às entidades representativas dos empresários que assinam nota conjunta contra o deputado Humberto Aidar na capa do jornal O Popular desta quinta-feira. Diego Sorgatto, Antonio Gomide, Bruno Peixoto, Amilton Filho, Amauri Ribeiro, Henrique Arantes, Virmondes Cruvinel, Leda Borges, Helio de Sousa, Talles Barreto e Alvaro Guimarães foram unânimes em dizer que o ataque não foi a Aidar, mas sim à Assembleia.