Deputado Cláudio diz que Gracinha infringiu a lei ao receber R$ 19 mil do Estado para viajar a Roma

O deputado estadual e advogado Cláudio Meirelles (PTC) afirmou nesta quinta-feira que a primeira-dama Gracinha Caiado infringiu a lei ao embolsar R$ 19,1 mil, repassados pelo governo do Estado, para custeio de uma viagem a Roma. “Gracinha não ocupa cargo no Estado e, portanto, não pode viajar às custas da administração pública, para representar Goiás onde quer que seja”.