Segurem as calças: CPI dos Incentivos Fiscais insiste em ouvir Carlos Alberto de Oliveira, o todo-poderoso da CAOA, no dia 4

O todo-poderoso dono da CAOA (fabricante de veículos Hyundai no Brasil), Carlos Alberto de Oliveira, driblou a CPI dos Incentivos Fiscais no dia 26 de agosto, alegando que não poderia depor na Assembleia Legislativa porque estava no exterior. Mas os deputados renovaram a investida a remarcaram o depoimento para o próximo dia 4. A CAOA é sabidamente uma das empresas que mais usufruiu de incentivos fiscais para crescer em Goiás. Resta saber se deu ao Estado a devida contrapartida.