Goiânia sem lei com Caiado: “Batismo de facção” motivou homicídio na Vila Mutirão, segundo PC

Um jovem que fez 18 anos há poucos meses foi preso em flagrante nesta quarta-feira (16) horas depois de assassinar a tiros Diego Silva Nascimento, de 31 anos. De acordo com a Polícia Civil (PC), Carlos Vinícius Lima da Silva sequer conhecia a vítima, que vendia drogas na Vila Mutirão. Para a polícia, o suspeito cometeu o crime para ser “batizado” em uma facção criminosa paulista, mas que também atua em Goiás. (site Mais Goiás)