Caiado desengaveta projetos de hidrelétricas particulares em Goiás. Uma delas atenderá seu primo. Obra causará dano ambiental

O governador Ronaldo Caiado (DEM) determinou o desengavetamento de processos de emissão de licenças para centrais hidreléticas (PCH) requisitadas por empresas particulares em Goiás. Uma delas atenderá o seu primo, Ermival Ramos Caiado, dono do grupo Rialma. O Rialma quer construir uma PCH na Chapada dos Veadeiros, dentro de uma unidade de conversação ambiental. As obras causarão danos à natureza incalculáveis. 

A primeira PCH liberada por Caiado foi a de Cachoeira do Meia Ponte, cuja licença foi reivindicada pelo grupo Minas PCH S/A em 2015. A tramitação estava paralisada desde 2017, quando o jornal O Popular publicou uma reportagem mostrando que haverá inundações, morte de espécies de plantas raras e animais.