“Caiado não pensa na desumanidade de seus atos com servidores”, diz deputado Cláudio

Decidido a votar contra o aumento de 14,5% para 20% no desconto da previdência dos servidores públicos, que Caiado deve mandar para Assembleia ainda nesta semana, o deputado estadual Cláudio Meirelles (PTC) desabafa em artigo publicado nas redes sociais: “Em nenhum momento o governador parou para pensar na desumanidade de seus atos com os servidores. Considero esse quadro uma verdadeira irresponsabilidade de um governo que deve, por seu dever de gestor público, promover o bem-estar de todos“. Clique aqui para ler o texto na íntegra.