Em audiência sobre reforma da Previdência na Assembleia, Bia relata maldades de Caiado contra professores

A presidente do Sintego, Bia de Lima, participou na manhã desta quarta-feira (23) de uma audiência na Assembleia Legislativa, proposta pelo deputado estadual Cláudio Meirelles, para discussão da PEC da Reforma da Previdência Estadual. Diversos representantes de sindicatos também discutem a pauta.

Em sua fala, Bia ressaltou as maldades do governo contra a categoria da Educação, que sofre sem pagamento dos reajustes do piso e da data-base, o aumento do Ipasgo, o imposto de renda, entre outras coisas, e ainda quer forçar os trabalhadores a morrerem trabalhando.

Ela reforçou que os servidores não vão pagar pelas irresponsabilidades do governo, e não aceitarão esta proposta de reforma da Previdência, que propõe um aumento da alíquota que pode chegar a 22,5%.