Previdência: Caiado aumenta idade mínima e tempo de contribuição para professores e prejudica categoria

Mais uma vez Caiado dá mostras de que não gosta dos professores. No texto da reforma da Previdência que enviou para a Assembleia, ele aumenta a idade mínima e o tempo de contribuição para a categoria se aposentar. Com as novas regras, homens terão que trabalhar até os 60 anos, com o mínimo de 30 anos de contribuição. Já as mulheres, 62 anos, com 25 anos de desconto no salário.