Clima de incerteza atinge temporários da educação estadual, que podem ficar sem receber dezembro

Você leu aqui no 24Horas, na segunda-feira, que a secretária estadual de Educação, Fátima Gavioli, pretende encerrar os contratos temporários no final de novembro. Assim, os servidores não receberiam o mês de dezembro, para gerar economia ao Estado, e seriam recontratados em janeiro de 2020. A possibilidade caiu como uma bomba na Seduc e os temporários estão vivendo clima de incerteza.