Na tribuna, Adriana Accorsi fala até de crise no Chile, mas não defende convocação de delegados da Polícia Civil

Desde que perdeu a eleição para prefeitura de Goiânia em em 2016, a deputada estadual Adriana Accorsi (PT) não é mais a mesma. Parece dispersa, perdida. Nesta terça-feira, por exemplo, Adriana ocupou a tribuna da Assembleia para um discurso sem pé nem cabeça sobre a crise no Chile. Enquanto ocupa-se da conjuntura no país vizinho, Adriana abandona o próprio quintal. Até agora, não cobrou uma vez sequer a convocação dos mais de 100 delegados formados pela academia de polícia civil, e que esperam ser chamados pelo governador Caiado há meses.