“Em pânico”, servidores criticam PEC de reforma da Previdência e pressionam deputado, diz site

Os servidores públicos estaduais apresentaram muitas preocupações com a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) apresentada pelo governo Ronaldo Caiado. Uma das principais perdas, segundo a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás (Sintego), Bia de Lima, é um possível fim do quinquênio.

De acordo com Lima, há um ‘jabuti’ no projeto para inserir uma reforma administrativa dentro da matéria previdenciária e isso deixa, conforme ela, as categorias em pânico.

Informações são do site Diário de Goiás.