Otavinho Lage, André Rocha, Sandro Mabel sofrem grande derrota na luta pela manutenção dos incentivos fiscais

O trio Otavinho Lage, André Rocha e Sandro Mabel não conseguiu um avanço sequer na outa pela manutenção dos incentivos fiscais pelo governo Caiado. Ao contrário, os três envenenaram a relação com o governador, criaram confusão com a CPI na Assembleia e não conseguiram provar à opinião pública a importância dos benefícios.
Com as trapalhadas dos presidentes da Adia, Sifaeg e Fieg, , Caiado e os deputados ficaram com o ambiente propício para fazer o ataque necessário às isenções fiscais.
Com Otavinho, André e Sandro, os empresários nem precisam de inimigos.