PEC da Previdência não deve ser lida amanhã na Assembleia, diz jornalista

O jornalista Rubens Salomão diz que o presidente da Assembleia Legislativa, Lissauer Vieira (PSB), já não define o dia em que a PEC da Reforma da Previdência será lida em plenário para ter prazo de tramitação iniciado. Antes, era prevista para amanhã. Segundo ele, sindicatos de servidores rejeitam as novas condições para tempo de contribuição e idade mínima, mas também o fim do quinquênio, que chamam de “jabuti do próprio governo”. Salomão informa que  Lissauer ainda conversa com outros poderes para concluir se a leitura pode ou não ser feita antes da promulgação da reforma nacional, pelo Congresso. “É uma consulta que ainda fazemos e não temos pressa”, avisa.