Enel é condenada a indenizar consumidora após alegar suposta fraude em medidor de energia

Informa a jornalista Wanessa Rodrigues, do site Rota Jurídica, que a “Enel Distribuição De Energia S/A foi condenada a pagar indenização de R$ 8 mil a uma consumidora pela alegação de suposta fraude em medidor de energia elétrica. O valor, a título de danos morais foi arbitrado pelo juiz Liciomar Fernandes da Silva Juiz em auxílio na 1ª Vara Cível de Senador Canedo. O magistrado declarou inexigível a cobrança realizada pela empresa e determinou anulação do processo administrativo. Atuou no caso o advogado”.