300 dias de Caiado: assassinato do policial militar Walisson Miranda continua um mistério

O governo Caiado investiu pesado na propaganda para mostrar que houve redução drástica nos índices de violência. Apesar dos números, crimes graves continuam acontecendo. Em outubro, um jovem motorista de aplicativo foi assassinado a tiros em Goiânia.

Em setembro, o policial militar Walisson Miranda foi morto com um tiro na cabeça dentro de uma viatura descaracteriza, em Aparecida de Goiânia. O crime até agora não foi resolvido e ninguém foi preso. Uma mancha grave nesses 300 dias do governo Caiado.