Pesquisa Serpes/Versa: Iris lidera disputa pela prefeitura, com 32,2%

A VERSA COMUNICAÇÃO ESTRATÉGICA encomendou ao Instituto Serpes pesquisa sobre o cenário para a eleição a prefeito de Goiânia de 2020. Os objetivos foram levantar conhecimento sobre possíveis candidatos a prefeito
da capital, levantar intenção de votos espontâneas e estimuladas, o índice de rejeição e a avaliação da gestão do prefeito Iris Rezende.

Foram ouvidos 401 eleitores entre os dias 21 e 24 de novembro e a margem de erro, segundo o instituto, é de 5 pontos porcentuais para mais ou menos. Na pesquisa espontânea, o prefeito Iris Rezende (MDB) lidera com 10,7%, seguido de Vanderlan Cardoso (PP), com 1,5%; e de Elias Vaz (PSB), Francisco Júnior (PSD) e Daniel Vilela (MDB), com 0,5% cada um. Não sabem ou não opinaram 81% dos entrevistados.

Sobre o nível de conhecimento do eleitor, os nomes de Iris Rezende, Maguito Vilela (MDB), Vanderlan Cardoso, Elias Vaz e Adriana Accorsi (PT) são os mais lembrados. Quando perguntado em quem o eleitor votaria, dos nomes mais conhecidos, Iris Rezende lidera com 26,9%, seguido por Vanderlan Cardoso (20,4%), Adriana Accorsi (9,5%), Maguito Vilela (7%), Elias Vaz (5,2%) e Francisco Júnior (4,2%).

Num cenário com os nomes mais prováveis para a eleição de prefeito de Goiânia no próximo ano, Iris Rezende está na frente com 33,2% das intenções de votos, seguido por Vanderlan Cardoso (27,2%), Elias Vaz (7,7%), Major Araújo (6%) e Francisco Júnior (5,5%).

Quando perguntado para os eleitores de Goiânia sobre os possíveis candidatos em que eles não votariam de forma alguma, os nomes com os maiores índices de rejeição são: Iris Rezende (25,4%), José Eliton (19,2%), Maguito Vilela (14,4%), Adriana Accorsi (15,2%), Elias Vaz (14,2%) e Major Araújo (13,7%).

A VERSA COMUNICAÇÃO ESTRATÉGICA também pediu ao Instituto Serpes para avaliar a gestão do prefeito Iris Rezende perante o eleitorado de Goiânia. O resultado: 44,4% aprovaram a atual administração municipal, com
34,9% a considerando boa e 9,5%, ótima. Os que reprovam representam 19,7% da população, com 9,2% de respostas considerando que a atual gestão é ruim e 10,5%, péssima. Para 33,9% da população, a gestão de Iris Rezende é regular (não aprova nem reprova). Apenas 2% não opinaram.

Veja a pesquisa completa