Unimed Goiânia é condenada a admitir médica dermatologista como cooperada

Informa a jornalista Marília Costa e Silva, do site Rota Jurídica, que a “juíza da 24ª Vara Cível da capital, Márcia Franzoni de Lima Costa, determinou à Unimed Goiânia que admita como cooperada uma médica dermatologista que foi aprovada em processo seletivo realizado pela cooperativa, que, contudo, não a admitiu sob a alegação de inexistência de vagas disponíveis na especialidade”.
Leia a matéria completa:

https://www.rotajuridica.com.br/unimed-goiania-e-condenada-a-admitir-medica-dermatologista-como-cooperada/amp/?__twitter_impression=true