Enel é condenada a indenizar proprietária rural pela morte de oito bois após queda de fios de alta tensão

A Celg Distribuição S.A., que foi adquirida pela Enel, foi condenada a pagar R$ 12,8 mil, a título de indenização por danos material, à dona de uma propriedade rural em Goiás pela morte de oito bois da raça nelore, informa a jornalista Wanessa Rodrigues , do site Rota Jurídica. Os animais morreram após a queda de um poste de energia elétrica no local. A Terceira Turma Recursal dos Juizados Especiais seguiu voto da relatora, juíza Mônica Cezar Moreno Senhorelo. A magistrada manteve sentença de primeiro grau dada pelo juiz Salomão Afiune, do 3º Juizado Especial Cível de Goiânia.

A dona da propriedade, representada na ação pelo advogado Rodolfo Alves dos Santos, relata que, em novembro de 2017, foi surpreendida com a morte dos animais. A eletrocussão teve início a partir da queda de um poste que sustenta a rede elétrica e que se encontrava em condições precárias. E, ao cair no chão, possibilitou que os fios de alta tensão entrassem em contato direto com os animais que se encontravam nas proximidades, ocasionando assim a fatalidade.