Humberto Teófilo mostra que o Caiado de 2017 mudou o discurso em 2020, mas o ICMS da gasolina continua o mesmo

O deputado Humberto Teófilo (PSL) comparou nas redes sociais o Caiado de 2017, então candidato a governador, e o agora governador Caiado de 2020 .

O Caiado de 2017 prometeu de campanha reduzir o ICMS da gasolina, conforme post que Teófilo foi buscar no fundo do baú.

“A gasolina de Goiás é a 2a. mais cara do país. Só perde para o Acre. E o que contribui para isso? O ICMS de 30% cobrado pelo governo Marconi. Se você não aguenta mais isso, junte-se a nós para mudar essa realidade de Goiás”, tuitou Caiado na época.

Teófilo transcreve declaração de 2020 na qual Caiado passa a borracha no que disse como candidato ao governo.

“Não surte efeito”, afirma o governador sobre a proposta de Bolsonaro para conter o preço da gasolina.

O deputado do PSL conclui cravando que está aguardando a resposta de Caiado ao desafio de Bolsonaro para zerar o ICMS da gasolina.

A gasolina em Goiás continua entre as três mais cara do Brasil