Corregedoria do CNJ determina ao TJGO afastamento de 29 parentes que ocupam cartórios extrajudiciais em Goiás

A Corregedora Nacional de Justiça, órgao do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), identificou 29 interinos com parentesco de até terceiro graus ocupando cartórios extrajudiciais em Goiás  e determinou o afastamento imediato, com a realização de concurso público.

Um dos critérios para a nomeação dos interinos era não ser parenres de desembargadores e juízes, além de não ter vínculos familiares com os delegatários de cartórios.