(Vídeo) Ronaldinho Gaúcho e Assis são presos no Paraguai para evitar saída do país

Ronaldinho Gaúcho e o irmão Assis foram presos na noite desta sexta-feira (6) em Assunção, no Paraguai. 

A prisão realizada no hotel Sheraton foi realizada por ordem de Milko Valinotti, juiz criminal de Garantias, a pedido da Procuradoria-Geral. A atitude foi tomada para evitar que os dois possam sair do país depois da decisão de que ambos continuarão sendo investigados por usar documentos falsos.

O ex-jogador e o irmão foram encaminhados para o Agrupamento Especializado, delegacia em Assunção, para aguardar o andamento do processo. “A ordem de detenção foi cumprida”, afirmou Gilberto Fleitas, chefe da unidade de investigações da polícia paraguaia. A prisão contou ainda com participação de Osmar Legal, fiscal da unidade de lavagem de dinheiro do Paraguai.

O juiz Milko Valinotti havia rejeitado o pedido apresentado pelo Ministério Público para livrar os irmãos, que não estariam diretamente envolvidos no caso. Os promotores Federico Delfino e Alicia Sapriza, encarregados de investigar o uso de documentos de conteúdo falso, solicitaram uma saída processual de Ronaldinho e Assis na quinta-feira.

Veja o vídeo:

https://www.youtube.com/watchtime_continue=21&v=oYXuB6GlyRg&feature=emb_logo