Procon de Aparecida fiscaliza preços de álcool em gel e máscaras

O Procon de Aparecida de Goiânia fiscaliza, desde segunda-feira (17), estabelecimentos comerciais para coibir o aumento abusivo em preços de álcool em gel, luvas e máscaras. O trabalho de fiscalização durará por tempo indeterminado. Os produtos estão em alta procura após a chegada do novo coronavírus ao Brasil.

Os fiscais do Procon já vistoriaram, até agora, 48 estabelecimentos comerciais, entre farmácias e supermercados, sendo que 30 destes já foram notificados por aumento abusivo dos preços dos produtos. Os proprietários terão prazo de 10 dias para apresentar defesa e recorrerem das multas, que podem chegar a R$ 50 mil.

A fiscalização também irá apurar se comerciantes estão fazendo estoque de produtos básicos de prevenção ao Coronavírus (Covid-19) na intenção de elevar preço dos produtos posteriormente. O coordenador de fiscalização do Procon Municipal, Thiago Messias, alerta para que a população avalie o preço dos produtos e se caso identificar alguma irregularidade que denuncie ao órgão de proteção e defesa do consumidor.