Bolsonaro debocha de Caiado porque não o vê como rival em 2022, ao contrário de Doria

A resposta de Bolsonaro aos chilique recentes de Caiado não poderia ter sido mais irônica. Em tom de deboche, o presidente disse nesta quinta-feira que continua “apaixonado” pelo goiano e que eles seguem o namoro. Tem explicação essa fuleiragem bolsonarista. O presidente sabe que Caiado não oferece perigo na eleição presidencial 2022. A verdade é que se houve uma eleição hoje em Goiás, Caiado teria sérias dificuldades em ser reeleito.

A prova disso é que com João Doria o papo é diferente. Bolsonaro enfrenta o governador de São Paulo no mesmo tom, sem nenhum tipo de brincadeirinha.

Caiado é só resenha para Bolsonaro.