URGENTE Salários dos servidores públicos terão corte até o final do ano, anuncia Caiado

Na coletiva à imprensa para anunciar o novo decreto de quaretena em Goiás, o governador Ronald0 Caiado mandou um recado duro aos servidores públicos estaduais: os salários de abril a dezembro terão cortes que podem passar de 30% – e mesmo assim com atraso -, caso a arrecadacão do estado continue caindo.

A projeção da queda da receita do estado é de R$ 4,6 bilhões – cerca de 30%.

Caiado garantiu apenas a regularidade do pagamento da folha dos swrvidors da Saúde e da Seguranças Pública que estejam na linha e frente do combate ao coronavírus nos próximos meses. “Esses servidores terão os salários mantidos. Os demais, não”, avisou.