Outros dois agressores de Cristiano Silva já foram identificados: um cabo e um tenente que atuam na segurança de Caiado

Os outros dois militares que agiram sob o comando do capitão PM Diogo Albernaz Resende no covarde espancamento do jornalista Cristiano Silva já foram devidamente identificados.

Tratam-se de um cabo e um tenente da PM de Goiás, também pertecentes aos quadros do serviço de segurança do Palácio das Esmeraldas.

Imagens de vídeos e denúncias anôminas permitiram a identificação.

Vamos publicar mais detalhes em breve.