BOMBA Fontes palacianas garantem: Mandetta comeu camarão e lagosta de R$ 600 mil no banquete da Páscoa no palácio

O Goiás24Horas apurou o motivo pelo qual Caiado não cancelou como divulgou a compra de camarão, lagosta e queijos no valor de R$ 600 mil reais, mas apenas suspendeu o pagamento por 120 dias.

De acordo com uma fonte do Palácio das Esmeraldas, que pediu para não ter o nome revelado por medo de perseguição, as caixas de camarão, lagosta, queijos finos e frios já haviam sido entregues na cozinha da residência oficial antes mesmo da publicação da procedimento licitatório ser publicado no Diário Oficial.

É isso, mesmo leitor: além do absurdo da compra, os alimentos foram entregues antes da conclusão da licitação.

Como o Goiás24Horas e o deputado Eduardo Prado denunciaram, a compra não foi cancelada por Caiado e suspensão da licitação é jogo cena da comunicação do palácio.

A lagosta e camarão foram inclusive servidos ao ministro Saúde no banquete da Páscoa.