Vanderlan: “Mandetta está aproveitando pandemia para se promover e deve ser demitido”

O senador Vanderlan Cardoso (PSD) vem fazendo críticas ao atual ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, sobre sua atuação diante da pandemia do novo coronavírus. Segundo o parlamentar, Mandetta está se “aproveitando” do momento para fazer uma campanha antecipada para as eleições a presidência em 2022.

Em entrevista à Sagres 730, Vanderlan criticou o posicionamento do ministro. “No início da crise o ministro Mandetta começou a fazer um trabalho muito grande, mas eu acho que os holofotes atrapalharam o ministro”.

Ele afirmou ainda que o discurso de Mandetta não é único. “De acordo com o estado e governador que ele estava, ele mudava o discurso. Tem discurso do ministro dizendo que o presidente está corretíssimo em ter parte do isolamento e cuidar da economia. Em outro discurso ele diz que tem que ser isolamento total”.

Segundo o senador, a melhor opção seria o ministro da saúde pedir sua demissão. “Pelo que entendo de hierarquia, se o ministro não está de acordo, ele pede para sair, não precisa ficar nesse desgaste todo e causando confusão na cabeça do brasileiro”, defendeu.

Por fim, o Vanderlan falou sobre a possibilidade de candidatura de Mandetta. “Nós estamos vendo até uma certa campanha antecipada para 2022 e seu partido colocando ele como um possível candidato a presidência da república. Então eu acho que a forma com que ele vem trabalhando não condiz com o cargo que ele vem exercendo”, acentuou.