Adriano Rocha Lima passa rasteira em Cristiane Schmidt e leva toda a TI do governo para a Secretaria de Desenvolvimento e Inovação

Em mensagem enviada à Assembleia Legislativa, o governador Ronaldo Caiado assinala que acatou e incluiu em projeto de lei as orientações da secretaria da Economia, que tinha manifestado pela inviabilidade da retirada dos gestores de TI da pasta fazendária, por serem imprescindíveis.

Porém, o texto do projeto encaminhado por Caiado à Assembleia, que foi capitaneado pela Secretaria de Desenvolvimento e Inovação, ignora completamente o parecer da secretaria de Economia.

Primo de Caiado, Rocha Lima  passou a rasteira em Schmidt e convenceu o governador a requisitar todos os 170 cargos de gestores de TI existentes no Estado para a sua pasta e ainda vedou que esses gestores sejam colocados à disposição de outras secretarias.

Goiás vai ficar na mão do primo do governador.

Leia:

 

Leia a íntegra do projeto enviado por Caiado à Assembleia Legislativa:

Ofício Mensagem 109-2020 – Alego – Quadro Permanente do Pessoal da SEDI.pdf

 

Leia íntega do projeto enviado por Caiado à Assembleia: