Culpa de Caiado: casos confirmados de coronavírus em Goiás aumentam quase 100% depois do decreto de flexibilização

Depois do último decreto do governador Ronaldo Caiado (DEM), que que flexibilizou o distanciamento social e expandiu a permissão para retomada da atividade comercial, a partir do dia 19 de abril, o número de novos casos de coronavírus dobrou em Goiás.

Eram 393 registros, passando agora para 781 infecções, um aumento de 98%, segundo os dados da secretaria estadual de Saúde.

Ou seja, em dez dias, registros saltaram de 393 para 781 e o estado teve registrou recorde nesta quinta-feira (30), com 76 novos casos da doença.