Apresentador Matheus Ribeiro diz não temer igreja dona da Record por ser gay

Após deixar a TV Globo em Goiás,e ser contratado pela Record de Brasília, Matheus Ribeiro fará sua estreia no ‘DF Record’ nesta segunda-feira (4). Em entrevista ao UOL, ele disse que não teme qualquer censura por parte da emissora ligada à Igreja Universal do Reino de Deus.

“Minha negociação com a emissora foi inteiramente pautada no profissionalismo. Meu contrato é com a RecordTV. Em nenhum momento, questões pessoais foram alvos de discussão, porque representam a liberdade individual de todo e qualquer cidadão”, explicou.

Ainda na entrevista, o apresentador disse que não tinha planos de voltar para a televisão tão cedo. O objetivo inicial era se dedicar às suas empresas, além de investir na internet. Porém, tudo mudou com a proposta da Record, que ainda lhe oferecia total liberdade no uso de seus perfis nas redes sociais, o que ele alegava não ter quando estava na emissora afiliada da Globo.

“Quando surgiu o convite da RecordTV, tive a certeza de que televisão é realmente a minha paixão. Além da liberdade para atuar nas minhas redes sociais, encontrei também abrigo para as ideias que quero implantar no jornal, assumindo também o posto de editor-chefe. Assumir essas funções na capital federal, aos 26 anos de idade, é uma experiência indescritível”, disse.

Por fim, Matheus Ribeiro fala sobre seu trabalho na Record, afirmando que o ‘DF Record’ passará por reformulações e que serão sentidas pelo público, como estética do jornal e conteúdos com maior espaço a links ao vivo.

“Estou me reinventando junto com o telejornal. Levaremos ao público do DF as principais notícias do dia de uma forma muito mais direta, conversada… A notícia de um jeito que todos entendam e possam formar sua própria opinião. Para isso, estamos mudando a forma de ‘embalar’ a notícia, contando com mais links ao vivo, com mais participação do telespectador, com o helicóptero da emissora e muitos outros recursos”, afirmou.

Teremos também um novo cenário, sem bancada, para que eu possa interagir com os repórteres e apresentar dados e estatísticas de forma mais atrativa. É um trabalho feito a várias mãos, com uma equipe comandada pelo experiente Domingos Fraga, nosso diretor, pelo meu conterrâneo Deny Almeida, gerente, e pelo editor-chefe adjunto, Márcio Motta, que tem me ajudado de uma maneira fantástica a conhecer melhor Brasília e o entorno”, finalizou.

Nas redes sociais, Matheus publicou um vídeo falando sobre a estreia. “Por aqui, domingo de muito trabalho para ajustar os últimos detalhes do nosso jornal. Levaremos até você as principais notícias do dia com muita interatividade e a sua participação”, escreveu na legenda. (IstoéGente)

Confira o post abaixo de Mathes Ribeiro: