TCE-GO divulga mapa dos buracos nas rodovias de Goiás depois de mais de um ano do governo Caiado

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-GO) realizou vistoria nas rodovias estaduais e identificou os trechos em péssimas condições, que são muitos. Foram fiscalizados pelos técnicos da Corte um total de 5. 562 Km.

O relatório é bastante minucioso e mostra a incompetência do governo Caiado. A fiscalização foi realizada a partir de fevereiro de 2020 – portanto, mais de um ano depois da posse de Caiado.

No trecho, entre Goiânia e a cidade de Goiás, por exemplo, foram encontrados buracos em 62 dos 133,2 Km percorridos pelas equipes técnicas do TCE.

Por falta de manutenção, conclui o relatório, o quadro das rodovias goianas é considerado problemático, comprometendo as condições de trafegabilidade das estradas pavimentadas no estado.

Os trechos mais comprometidos levantados pelo TCE são:

1. GO-70, entre Itapirapuã e Matrinchã, com 98,5 da via com buracos;

2. GO-178, entre Itarumã e Itajá, com 85,8 da via com buracos;

3. GO-080, entre Goianésia e Jaraguá, com 8 erosões;

4. G0-237, entre Niquelândia e Muquém, com 8 erosões;

5. GO-060, entre Firminópolis e Iporá, com 7 erosões.

 

Leia a íntegra do relatório, com o espantoso mapa dos buracos na malha viária de Goiás, publicado nesta quarta-feira (6) no Portal do TCE: