A pedido de Guedes, Bolsonaro anuncia que vetará possibilidade de aumento de salários de servidores

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira (7), depois de visita surpresa ao STF, que vetará a pedido do ministro Paulo Guedes artigos do projeto de lei de ajuda financeira a estados e municípios aprovado pela Câmara d0s Deputados e pelo Senado que excluem algumas categorias de servidores públicos da proibição de aumento de salarial pelos próximos dois anos.

De acordo com o projeto, os seguintes servidores poderiam ter reajuste de salário:

  • funcionários públicos da área da saúde;
  • funcionários públicos da área de segurança;
  • militares das Forças Armadas;
  • servidores da Polícia Federal (PF);
  • servidores da Polícia Rodoviária Federal (PRF);
  • guardas municipais;
  • trabalhadores da educação pública como os professores;
  • agentes socioeducativos;
  • profissionais de limpeza urbana e de serviços funerários;
  • profissionais de assistência social;
  • servidores das carreiras periciais, como os peritos criminais.