BOMBA: Caiado corta direitos de militares da reserva e Major Araújo diz que Colégios Militares podem acabar

O deputado estadual Major Araújo alerta para uma BOMBA que pode estourar na educação estadual. Um projeto do governador Caiado reduz direitos dos militares da reserva que atuam nos Colégios Militares. O projeto tramitou na Assembleia Legislativa e mais direitos foram exterminados.

“Encaminhado para sanção, o Projeto sofreu vetos, que reduziram mais ainda as remunerações adicionais que faziam parte do contrato de trabalho, por exemplo, férias, décimo terceiro salário, hora extra remunerada, dentre outros. Com esta ação, os militares da reserva convocados, ameaçam deixar os Colégios Militares”, escreveu Araújo em suas redes sociais.

Veja abaixo: