Iporá: confirmação do primeiro caso de covid-19 faz prefeito recuar e rever decreto de flexibilização

A confirmacão do primeiro caso de covid-19 e a baixa taxa de isolamento social fizeram o prefeito de Iporá, Naçoitan leite, recuar e rever decreto de flexibilizacão que baixou. Ele agora restringiu atividades comerciais no município, inclusive interditando o lago da cidade.

Leia a íntegra da revisão do decreto flexibilização de Naçoitan:

“O prefeito Naçoitan Leite, considerando a confirmação do primeiro caso no município vítima do novo coronavírus e também a baixa taxa de isolamento na cidade

Determina alterações no decreto nº 190 de 20/04/2020, restringindo algumas atividades a partir do dia 07 de maio de 2020, sendo…

– Padarias e distribuidoras de bebidas deverão operar apenas nas modalidades balcão e delivery (proibida a disposição de mesas)
– Proibida a abertura de academias de ginásticas incluindo academias de clubes
– Proibida a abertura de restaurantes, café, bares e pizzarias (exceção a restaurantes que servem apenas almoço)
– Açaiterias, sorveterias, pamonharias, “jantinhas” e “pit dogs” deverão funcionar apenas na modalidade delivery
– O Lago Pôr do Sol está INTERDITADO para qualquer atividade, incluindo caminhadas.
– Supermercados deverão permitir a entrada de no máximo 50 pessoas e respeitar distanciamento de 02 metros
– Fica OBRIGATÓRIO o uso de MÁSCARAS para todo cidadão.

Validade por 14 dias, revogando as disposições em contrário e mantendo inalteradas as demais disposições do decreto 190/2020.”