Demissões no Grupo Jaime Câmara são consequência do arrocho e da censura econômica impostos à imprensa goiana pelo governo Caiado

As demissões de jornalistas da TV Anahnguera e do jornal O Popular têm tudo a ver com o arrocho e censura econômica impostos pelo governo Caiado aos veículos de comunicação de Goiás, com o corte dos gastos publicitários.

Depois do Diário da Manhã, o Grupo Jaime Câmara agora também sofre as consequências do autoritarismo com que Caiado trata a imprensa goiana.