Réu confesso 2: depois de Ismael Alexandrino, outro secretário de Caiado admite que governo falha no combate à covid-19

Depois do secretário da Saúde, Ismael Alexandrino, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Adriano Rocha Lima,  admitiu que o governo estadual falhou no processo de flexibilização das restrições da quarentena.

Rocha Lima disse que o escalonamento de horários do comércio e serviços não teve o efeito esperado para reduzir a aglomeração nos terminais, como previam.

Ele afirmou que o governo estuda novas medidas para conter o movimento da população.

Se mais um secretário admitir a incompetência do governo no enfrentamento do coronavírus, Caiado poderá pedir música no Fantástico.