Secretaria da Saúde continua gastando a rodo com as OSs: agora são mais R$ 22 milhões para a gestão do Hcamp de Formosa

A secretaria estadual da Saúde fechou contrato emergencial sem licitação com a Organização Social (OS) Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento (IMED), de São Paulo, que já administra o Hospital de Urgência de Trindade (Hutrin).
A IMED foi contratada para gerir o Hospital de Campanha de Formosa ao custo de R$ 22 milhões por seis meses.
A OS está sendo investigada pelo Ministéruo Público do Amazonas por irregularidadees em contratos com a Fundação de Medicina Tropical Heitor Vieira Dourado e com a Secretaria Estadual de Saúde do Amazonas.