Em artigo no Popular, Gracinha não cita o nome de Lúcia Vânia e chama para si o comando da política social do governo Caiado

Em mais um capítulo da guerra fria de egos e vaidades travada nos bastidores do governo Caiado, a primeira-dama Gracinha Caiado assina artigo publicado na edição deste sábado (9) no Popular sobre a ação social do governo do estado na pandemia da covid-19.

Chama a atenção no texto o fato de Gracinha revindicar para si os méritos do trabalho social e não citar nem de raspão o nome da secretária de Desenvolvimento Social, a ex-senadora Lúcia Vânia.

Segundo nota publicada na coluna Giro na semana passada, Gracinha e Lúcia disputam o protagonismo na área social. No artigo, a primeira-dama apenas lista a pasta da ex-senadora entre os muitos órgãos comandados por ela, Gracinha, nas ações para amenizar os efeitos da pandemia.