Deu na coluna do Lauro Jardim (O Globo): “Pedido de Caiado entra por um ouvido de Bolsonaro e sai pelo outro’

Ronaldo Caiado, que declarou publicamente ter rompido com Jair Bolsonaro, pediu um meio de campo de Davi Alcolumbre e se reuniu com o ex-aliado no Palácio do Planalto para se recompor

Durante a conversa, Caiado pediu a Bolsonaro para segurar o próprio temperamento e evitar batalhas públicas, sobretudo com outros poderes. O efeito do conselho não durou nem 24 horas.

Na manhã seguinte, Bolsonaro explodiu novamente e, em mais um espetáculo de autoritarismo caricato, mandou repórteres calarem a boca em frente ao Palácio Alvorada.

Ou seja, a conversa de Caiado entrou por um ouvido de Bolsonaro e saiu por outro.