Collor já prevê queda de Bolsonaro, após passeio de jet-ski: “Se continuar assim, vai afundar”

Afastado da presidência em 1992, por meio de um processo de impeachment que o levou à renúncia, o ex-presidente Fernando Collor de Mello reapareceu bem-humorado no twitter, como comentarista da conjuntura política e econômica. Num de seus posts, ele afirmou que Jair Bolsonaro corre o risco de afundar, ao comentar se passeio de jet-ski no dia em que o Brasil superou 10 mil mortes por covid-19.

Confira: