Próxima vaga do TCM já tem nome e endereço certos: deputado Humberto Aidar

A próxima vaga que surgir no Tribunal de Contas do Municípios (TCM) – consta que o conselheiro Nilo Resende estaria com pedido de aposentadoria já assinado – só não será do deputado Humerto Aidar (MDB) se ele não quiser.

Aidar hoje é unanimidade na Assembleia: tem trânsito livre na situação e oposição e ganhou respeito na Casa depois da condução firme como relator da CPI dos Incentivos Fiscais.

Também estariam de olho na vaga do TCM a vereadora Priscila Tejota, ex-mulher do vice-governador Lincoln Tejota, e o secretário de Governo, Ernesto Roller.

Ambos, contudo, sem chances diante do gigante em que se transformou Aidar na Assembleia Legislativa.