Setor de serviços tem o pior desempenho em Goiás desde a greve dos caminhoneiros

O setor de serviços teve o pior desempenho em Goiás desde a greve dos caminhoneiros. A queda foi de -4%. Os dados foram divulgados pelo IBGE. Na greve dos caminhoneiros, o setor caiu -5,5%. A

As áreas mais atingidas pela crise são transporte, alimentação, comunicação, imobiliárias, artes, cultura e esporte.

O impacto no setor de seviços ocorreu a partir do primeiro decretro de restrições do governador Ronaldo Caiado.