Sem política de comunicação eficiente, Caiado vira figura tóxica e afunda na rejeição

O governador Caiado cai pelas tabelas da popularidade e perde a soberania nas redes sociais, mesmo podendo estar fazendo o certo no combate ao avanço do coronavírus em Goiás.

O que, então, explica o derretimento da imagem do governador?

O voluntarismo de Caiado com seu falatório interminável e estéril mas lives sem audiência e a falta e uma politica consistente, eficiente e sistematizada pelo secretário de Comunicação, Marcos Silva.

Em vez de formular e articular essa estrategia, Silva prefere bajular Caiado e a primeira-dama Gracinha, segundo relatos de outros auxiliares do governo estadual.

“Ele aplaude tudo que e é incapaz de contradizê-lo ou fazer uma crítica sustentada às ações de Caiado”.

O resultado desse coquetel de incompetência, medo e sabujice é o desastre da comunicação do governo e a deterioração da figura antes positiva do governador.