Artigo: Demóstenes escreve sobre as platitudes que surgiram nos quatro meses do coronavírus e crava: “Nada irá se confirmar”

Os quatro meses de coronavírus, desde a contaminação europeia, criaram pelo menos 3 fases distintas de expressão das platitudes gerais. A primeira sensação foi do transbordo das convicções de certa intentona chinesa de laboratório. Na segunda, foi disseminado, especialmente pela sabedoria convencional da esquerda, o determinismo das lições históricas. Ato contínuo, vieram as abstrações edificantes a dar conta do surgimento de certa Nova Era. Todas a desenhar possibilidades de futuro ora terrificante, ora auspicioso.

“Nada irá se confirmar para o bem dos sobrevivente”, crava o advogado Demóstenes Torres em artigo publicado no site nacional Poder360. Leia a íntegra do texto de Demóstenes:

https://www.poder360.com.br/opiniao/brasil/falacias-da-nova-era-por-demostenes-torres/