Preso e três servidores do antigo Cepaigo foram contaminados com coronavírus

Um detento da Penitenciária Odenir Guimarães (POG), antigo Cepaigo, testou positivo para covid-19. Três agentes penitenciários também foram infectados com o coronavíris.
Diante da notícia da contaminação, a Comissão de Direito Penitenciário da OABO manifestou preocupação sobre o controle da doença na unidade prisional.

De acordo com informações da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), o detento V.V.G. está em isolamento. Ele teria sido contaminado fora do sistema prisional, após ter sido retirado da unidade do semiaberto e escoltado para atendimento hospitalar por ferimentos durante tentativa de fuga.

Ele está internado no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) na enfermaria com respiração espontânea e sem sedação. Segundo o boletim médico do paciente, o estado geral de saúde dele é estável. Ele permanece no hospital apenas para isolamento.

Três servidores também foram diagnosticados com a doença. Segundo a DGAP, dois deles apresentaram sintomas de covid-19 e um está assintomático. Todos foram afastados do trabalho.

No início de abril, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) chegou a afastar 36 servidores da pasta após constatar que três haviam sido infectados pelo coronavírus, um deles era um agente prisional.