Entidades entregam documento a Iris com pedido de reabertura do comércio em Goiânia 1° de junho

Entidades que representam empresários do comércio e da indústria pediram ao prefeito Iris Rezende permissão para reabrir as lojas em Goiânia a partir do dia 1° de junho.

A solicitação foi feita em conjunto pela Fecomércio, Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico de Goiânia (Codese) e Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Goiás (Acieg).

De acordo com os empresários, é possível que as atividades comerciais retornem sem prejuízo à saúde das pessoas, desde que sejam implementadas normas sanitárias preconizadas pelas autoridades de saúde.

Na última sexta-feira (22), o conselheiro da CDL Goiânia, Agenor Braga, informou que entregou um documento com 10 medidas a ser tomadas pelos empresários à prefeitura. Ele ainda citou que há muitas aberturas irregulares que causam mais riscos.

“Nossa ideia é organizar para reabrir. Porque hoje o que está acontecendo é que os pequenos empresários, de bairros, estão reabrindo por absoluta necessidade e se abrir de forma desorganizada vai piorar a situação”, disse o dirigente da CDL.

“É melhor fazermos (a abertura) com responsabilidade e nos comprometamos com as medidas que levarão à uma organização melhor”, completou.