Assembleia: Lissauer suspende atividades presenciais e sessões remotas por causa da covid-19

O presifente da Assembleia Legislativa, Lissauer Vieira (PSB), suspendeu nesta segunda-feira (25) todas as atividades legislativas e administrativas presenciais da Casa, bem como sessões remotas. A interrupção vai durar uma semana e os trabalhos devem voltar à normalidade no dia 1º de junho.

As atividades foram suspensas após familiares de uma servidora do gabinete do deputado Cláudio Meirelles testarem positivo para a covid-19. A mulher apresentou sintomas da doença e passou a ser tratada como caso suspeito já que teve contato direto com a avó e o tio que foram diagnosticados com o novo coronavírus.

Outro fator que levou à suspensão foi o fato de parentes do deputado Rafael Gouveia também testarem positivo. No último dia 19 de maio, Flávia Rodrigues de Gouveia, de 84 anos, pastora da Assembleia de Deus Ministério Vila Nova e avó do parlamentar, morreu após complicações causadas pelo vírus. O marido dela e uma filha também foram diagnosticados com a doença.

A Alego vai funcionar no regime de teletrabalho e a Casa de Leis deve passar por desinfecção para retomar as atividades.